TRE-SE recebe palestrante Rossandro Klinjey

A atividade encerrou o última dia da Semana da Saúde no Tribunal

Palestra psicólogo

Na manhã desta sexta-feira, dia 25, último dia da Semana da Saúde, evento promovido pelo Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), o psicólogo Rossandro Klinjey Irineu Barros apresentou a palestra intitulada “O que você faz hoje leva-o aonde você quer chegar amanhã”. Rossandro abordou aspectos referentes à convivência dos indivíduos em sociedade. Convidando todos os presentes a fazer uma retrospectiva de suas próprias vidas, reputou ser este um passo fundamental para a construção do futuro.

Um dos assuntos que o psicólogo abordou foi precisamente a diferença entre o ego e a selfie. Ele explicou que o ego é o lado do indivíduo que busca aceitação por parte da sociedade, enquanto o lado selfie se preocupa em construir uma vida com significado e não apenas satisfazer as expectativas externas. “Nosso ego tem uma tendência mais infantil de olhar a vida com um sentimento de mágoa, de comparação, mas nosso selfie é aquele nosso lado mais maduro, que é capaz de olhar para vida com mais serenidade. As pessoas têm que acordar do quanto devem amadurecer e deixar o selfie se manifestar mais”, disse.

Para exemplificar o lado ego do ser humano, Rossandro fez referências ao grande público que busca uma autoaceitação nas redes sociais, mas acaba-se frustrando quando não obtém o retorno. “A geração do ‘quantas fotos minhas foram curtidas’ é uma geração de muita fragilidade emocional porque fica colocando sua felicidade mais nos outros do que em si mesma. Quando a pessoa começa a acordar para isso, fica mais centrado”, comentou.

Ressentimento é carregar uma bola de ferro para o resto da vida”

Usando essa expressão, o psicólogo buscou conscientizar a todos que participavam da palestra do quanto é fundamental ter uma vida plena, sem guardar mágoas, o que futuramente pode causar doenças sérias, a exemplo, o câncer.

“O problema não é que acontece, mas como recebemos o que acontece. É normal ter um momento de luto, mas permanecer no problema é patológico. Deste modo, nascemos quando lançamos um olhar inteligente sobre a vida. Cada ser em si carrega o dom se ser feliz”, afirmou.

O auditório esteve de repleto de servidores, que compareceram e prestigiaram a explanação de Rossandro. Às 10h, foi servido o coffe-break aos presentes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Últimas notícias postadas

Recentes