Juíza Dauquíria de Melo Ferreira despede-se do TRE-SE

A magistrada atuou no Tribunal durante o biênio 2017-2019

desp

A sessão plenária do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) desta quarta-feira (13) marcou a despedida da juíza Dauquíria de Melo Ferreira. A magistrada atuou no Tribunal durante o biênio 2017-2019 e ocupava uma das cadeiras destinadas à categoria de Juiz de Direito.

Em 2017, no seu primeiro ano como juíza membro do Tribunal, Dra. Dauquíria exerceu o cargo de Ouvidora Eleitoral de Sergipe e, no final do mesmo ano, assumiu a diretoria da Escola Judiciária Eleitoral (EJESE). Durante a gestão à frente da Escola Judiciária, ela alavancou o Projeto Eleitor do Futuro, que tem o objetivo de despertar o exercício da cidadania. Votar consciente é uma das questões mais debatidas com os futuros eleitores. A EJESE tem por finalidade a formação, atualização e a especialização continuada ou eventual de magistrados, de servidores da Justiça Eleitoral e de interessados em Direito Eleitoral, indicados por órgãos públicos e/ou entidades públicas ou privadas.

Em 2017, o Projeto Eleitor do Futuro atendeu 18 instituições de ensino e 4.695 jovens, com foco nos colégios com maior índice de evasão escolar e de violência. No ano de 2018, foram atendidas 20 instituições de ensino, alcançando mais de 5.000 jovens.

A magistrada participou ativamente da condução das eleições gerais de 2018. Com celeridade, objetividade e senso de justiça apurado, contribuiu para que a Corte Eleitoral sergipana mantivesse a excelência no quesito prestação jurisdicional.

Ao término da sessão, os membros do Colegiado prestaram homenagens. O presidente, Des. José dos Anjos, agradeceu a colaboração da julgadora e frisou a dedicação em tudo que ela faz, como mãe, juíza ou cidadã. “É um exemplo. Já conheço a conduta e a altivez da doutora em sua atividade profissional. O Tribunal sente a sua ausência. Vossa excelência fará falta a esta Corte”, disse o presidente do TRE-SE.

A juíza Áurea Corumba de Santana também prestou homenagem. “Dra. Dauquíria é uma pessoa fantástica, alegre, inteligente e vai fazer falta. Obrigada pela cooperação, Vossa Excelência merece muito sucesso”, desejou. Da mesma forma, o jurista Joaby Gomes Ferreira agradeceu a oportunidade de ter trabalhado com a juíza. “É rígida quando deve ser e tem um senso de Justiça que merece ser destacado”, comentou.

A homenageada ressaltou que foi uma experiência ímpar o convívio na Corte e lembrou também a convivência com vários colegas que já passaram pela Casa. “Cada um com um pensamento, por vezes diferente, mas todos sempre com o mesmo objetivo: o de garantir a igualdade de condições entre os postulantes a cargo eletivo e a soberania popular, expressa por meio do voto livre e desembaraçado”, disse.

 

 

Últimas notícias postadas

Recentes