TRE-SE alcança Selo Ouro no Prêmio CNJ de Qualidade 2020

O CNJ acolheu o recurso interposto pelo TRE-SE elevando-o à categoria Selo Ouro

O CNJ acolheu o recurso interposto pelo TRE-SE elevando-o à categoria Selo Ouro
Selo Ouro

O conselheiro Luiz Fernando Tomasi Keppen, presidente da Comissão de Gestão Estratégica, Estatística e Orçamento do CNJ, comunicou hoje (30) ao Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) o resultado concernente ao recurso interposto contra a classificação atribuída pelo Prêmio CNJ de Qualidade, relativa ao ano de 2020: o recurso foi acolhido, o que eleva merecidamente o Tribunal sergipano à categoria do Selo OURO.

De um total de 940 pontos possíveis, o TRE-SE atingiu 720, número que representa 76,60% da avaliação global. Tal resultado não apenas mantém a JE de Sergipe entre as melhores do ramo da Justiça Eleitoral, mas também entre todos os tribunais brasileiros.

Ao tomar conhecimento da decisão do CNJ, que ratificou a excelência dos serviços prestados pelo TRE-SE, o diretor-geral, Rubens Lisboa, comentou: “O esforço, resultado de um trabalho harmonioso e responsável dos nossos servidores, fez-se, assim, devidamente reconhecido.”

À época presidente do TRE-SE, o Des. José dos Anjos, imediatamente comunicado do feito, parabenizou os envolvidos e reiterou a honra de ter estado à frente dos trabalhos eleitorais sergipanos durante o biênio 2019-2020.

O atual presidente, Des. Roberto Porto, destacou a competência do Regional de Sergipe salientando que todas as recentes conquistas fazem por reconhecer a dedicação coletiva do corpo funcional. E concluiu enfatizando que “os desafios são muitos, mas a certeza de alcançar o aperfeiçoamento dos serviços prestados à sociedade é o que deve permear o prosseguir”.

Últimas notícias postadas

Recentes