Cadeia de Valor e Arquitetura de Processos

A Cadeia de Valor propicia conhecer os principais processos de trabalho que contribuem para o atingimento da Missão do Tribunal, bem como a relação com outros processos que lhes apoiam, avaliam, direcionam ou monitoram.

O desdobramento da Cadeia de Valor em processos, subprocessos, atividades e tarefas forma a Arquitetura de Processos da Instituição.

Clique aqui para acessar a Cadeia de Valor do TRE-SE (arquivo PDF)

A utilização da Arquitetura de Processos tem amplas aplicações, como identificar processos de trabalho críticos ou mais relevantes para o cliente, observar processos que necessitam de maior controle em função de sua relevância para a missão da organização, analisar se os processos estão bem suportados pela estrutura funcional existente, observar o alinhamento dos processos com a estratégia organizacional, apoiar a gestão de riscos e de controles internos, dentre outros.

É também a base para que as unidades administrativas possam realizar a gestão dos seus processos de trabalho, identificando-os, descrevendo seus atores, fluxos e atividades e reconhecendo oportunidades de melhoria e inovação.

 

Clique aqui para acessar a Arquitetura de Processos do TRE-SE (arquivo PDF)

A Cadeia de Valor e a Arquitetura de Processos do TRE-SE foram instituídas, respectivamente, pelos normativos Resolução 159/14 e Portaria 623/14.

Acesse aqui a Resolução 159/14 - Cadeia de Valor (arquivo PDF)

 

Acesse aqui a Portaria 623/14 - Arquitetura de Processos (arquivo PDF)