Centro de Memória Eleitoral

O Centro de Memória Eleitoral – CEMEL foi instituído pela Resolução nº 215/2000, em 23/11/2000, com o objetivo de preservar e divulgar a memória da instituição, mediante a disponibilização de informações, documentos históricos e imagens que fizeram parte da vida da Justiça Eleitoral Sergipana. 

Em 2001, a instalação, a inauguração e a primeira exposição do CEMEL coincidiram com o lançamento do projeto “Memória da Justiça Eleitoral Sergipana” que, entre outros objetivos,  propunha a análise e seleção de documentos do arquivo da sede do TRE-SE e dos arquivos dos cartórios eleitorais (documentos do acervo histórico do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe). O CEMEL funcionou provisoriamente em uma sala da Assessoria de Comunicação.

 A partir de 2002, passou a funcionar no piso inferior da sede do Tribunal. Houve a segunda exposição, intitulada Brasil-Sergipe: 180 anos de história, durante a gestão do Des. Manuel Pascoal Nabuco D'Ávila. 

Mais projetos foram implementados, bem como realizaram-se parcerias com escolas públicas e privadas: estudantes do ensino médio e do fundamental passaram a visitar o CEMEL.  Destacaram-se as exposições itinerantes: O papel da Justiça Eleitoral na história da democracia (2007) e A gloriosa conquista do voto (2009). O projeto “Revitalização do Centro de Memória Eleitoral” promoveu a reforma do espaço em 2016, durante a gestão do Des. Osório de Araújo Ramos Filho, com a exposição: Justiça Eleitoral de Sergipe: democracia e cidadania.

Modernizado, o CEMEL concentra recursos tecnológicos, a exemplo do acesso ao conteúdo da exposição por intermédio do QR code, que direciona os visitantes a um ambiente virtual, podendo eles aprofundar-se acerca da história da Justiça Eleitoral.

O tema da nova exposição engloba aspectos educativos como: a importância do voto, cidadania, também  mostrando  características das Constituições Brasileiras, a evolução das zonas eleitorais, a participação feminina na política brasileira, dentre outros.

O Centro de Memória Eleitoral contribui para uma maior integração entre a juventude sergipana e a Justiça Eleitoral, maneira salutar de fortalecer o Estado Democrático de Direito.

 

 Localização

O CEMEL- Centro de Memória da Justiça Eleitoral de Sergipe Des. José Antônio de Andrade Goes (CEMEL) está localizado no pavimento inferior do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, situado no Centro Administrativo Augusto Franco-CENAF, Variante 2, Lote 7, Bairro América, CEP: 49080-000, Aracaju-SE.

Visitação

O Centro de Memória Eleitoral está aberto de segunda a sexta, das 8h às 12h.  

Fone: (79) 3209 8652 

Email: 

 

 

 

 

 

Justiça Eleitoral de Sergipe – Democracia e Cidadania”

 

 

Em 18 de novembro de 2016, foi inaugurada a nova exposição do CEMEL, intitulada “Justiça Eleitoral de Sergipe – Democracia e Cidadania”, durante a gestão do des. Osório de Araújo Ramos Filho.

A atual exposição é resultado do projeto “Revitalização do Centro de Memória Eleitoral”, executado pela Seção de Arquivo, vinculada à Coordenadoria de Gestão da Informação e Secretaria Judiciária e constitui um compromisso com o regaste, preservação e divulgação da memória da Justiça Eleitoral.

Nela encontram-se objetos museológicos, a exemplo das réplicas dos Pelouros (bola de cera em que se colocava o voto de cada eleitor) utilizados no período do Brasil Colonial, urnas de madeira, de lona e biométrica, painéis com temáticas sobre eleições presidenciais e governadores do Estado de Sergipe até 2014, histórico sobre divisões das zonas eleitorais a partir de 1932, dentre outros temas.

 Galeria de imagens

 

100 anos de Eleições em Sergipe (Formato PDF)

 Revista histórica editada em  julho de 2002 durante a inauguração do Centro de Memória Eleitoral do TRE-SE. Apresenta dados sobre eleições nacionais e estaduais a partir de 1945 e trata do desenvolvimento  da Justiça Eleitoral em Sergipe. 

Ata de instalação do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe em 30/07/1932 (Formato PDF)

Em 30 de julho de 1932 foi criado o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, instituição responsável pela organização do sufrágio universal com o propósito de garantir a todos cidadãos o direito ao exercício democrático.

Ata de reinstalação do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe em 12/06/1945 (Formato PDF)

Após o fim do Estado Novo (1937-1945) a Justiça Eleitoral é reinstalada no Brasil. Em Sergipe o Tribunal Regional Eleitoral realizou sessão solene de reinstalação em 12/06/1945, sob a presidência do Des. João Bosco de Andrade Lima.

Catálogo de Publicações do Tribunal no Diário Oficial do Estado de Sergipe (Formato PDF)

O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, por meio do projeto Documentação da História da Justiça Eleitoral de Sergipe, disponibiliza mais um compêndio, intitulado “Catálogo: Publicações do Tribunal no DOES – 1932 a 1937 ”, e supre uma necessidade reclamada para fins de pesquisa didático-científica.

Com esta obra, o Centro de Memória Eleitoral – CEMEL expande o seu acervo bibliográfico e alinha-se aos objetivos do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe: estimular a transparência, democratizar a informação e possibilitar aos interessados o acesso a matérias relevantes do âmbito da Justiça Eleitoral.

Resultado das Eleições Municipais em Sergipe” – Edição Histórica – Vol I -  1947 a 1996 (Formato PDF)

O lançamento desta obra relaciona-se à continuidade do projeto “Documentação da História da Justiça Eleitoral de Sergipe”. Trata-se de uma edição estatística dos resultados das Eleições Municipais em Sergipe de 1947 a 1996.

Resultado das Eleições Municipais em Sergipe” – Edição Histórica – Vol II - 2000 a 2012 (Formato PDF) Trata-se de uma edição estatística dos resultados das Eleições Municipais de 2000 a 2012 em que todo o esforço empreendido visa a garantir aos cidadãos o acesso à informação, auxiliando-os no desenvolvimento de pesquisas referentes às Eleições Municipais em Sergipe.

 

 

 

 

 

Veja a  Galeria de Presidentes que ajudaram a conduzir a história da Justiça Eleitoral em Sergipe, desde a sua criação em 1932 até os dias atuais.